VEJA NOSSAS NOVIDADES



madison-lavern-4gcqRf3-f2I-unsplash.jpg
22/set/2022

Foco na saúde mental. O Setembro Amarelo é uma campanha que existe desde 2014. Uma criação da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM). Seu objetivo é bem claro: alertar sobre o suicídio no Brasil. Basicamente, um mês de alerta sobre a importância de cuidar da saúde mental. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura do post de hoje, aqui no blog da Gema Brazil.

Leia no Blog: 7 sinais de infarto para redobrar a atenção

A importância da saúde mental é o foco do Setembro Amarelo

Existem muitos tabus sobre a importância da saúde mental, o foco da campanha de Setembro Amarelo. Você certamente já ouviu alguns deles. Por exemplo, que cuidar da saúde mental é sinal de fraqueza. Ou que é algo sem importância. Algo que não devemos nos preocupar. Porém, não é bem isso que acontece. A saúde mental orienta a nossa vida. Está relacionada ao bem-estar e à felicidade no dia a dia.

O impacto negativo disso é o descaso. É deixar de procurar ajuda quando mais é necessário. Ou seja, não dar a devida importância para algo que é bem sério. Por outro lado, quem reconhece o valor da saúde mental, vive com mais tranquilidade. Além disso, sabe que em momentos mais profundos e sérios, é possível buscar ajuda de quem é especialista na área.

E isso não vale apenas para o próprio cuidado. Faz toda a diferença observar com atenção alguns sinais em amigos e familiares. Pessoas próximas podem precisar de ajuda e você pode ser o primeiro contato de suporte. Confira algumas dicas para colocar em prática no dia a dia:

  • Converse com os amigos sempre que necessário.
  • Dê exemplos ao orientar.
  • Tente motivar a visão pelo lado positivo de uma situação.
  • Esteja próximo.
  • Seja uma fonte de positividade.
  • Compartilhe emoções.
  • Esteja aberto ao diálogo.
  • Transmita confiança.

Uma boa e sincera conversa pode fazer a diferença. Isso acontece porque a pessoa com a saúde mental fragilizada, na maioria dos casos, precisa de um ombro amigo. Precisa se sentir querida e reconhecer em terceiros, um caminho para uma vida mais feliz. Ao compartilhar as próprias emoções e experiências, você pode se tornar um exemplo a ser seguido. Uma fonte de inspiração.

Leia no Blog: alimentação pós-parto é muito importante para amamentação

Você já ouviu falar sobre os pilares da saúde mental?

A saúde mental, ao longo da vida, é sustentada por alguns pilares. Como acontece em uma residência, os pilares emocionais sustentam a nossa saúde mental. Entendemos por pilares emocionais tudo aquilo que damos valores especiais. Por exemplo, o casamento ou a carreira. Os filhos e o trabalho. As amizades e assim por diante. Quando um destes pilares é abalado ou mesmo destruído, nossa saúde mental é afetada. Por exemplo, quando o casamento chega ao fim. Assim como, quando perdemos o emprego.

Sinais de alerta

Da mesma forma que devemos cuidar diariamente da saúde mental, também devemos olhar com atenção para alguns sinais de alerta junto a amigos e familiares:

  • Tristeza.
  • Falta de esperança.
  • Sentimento de culpa e desamparo.
  • Dificuldade de concentração.
  • Problemas para dormir.
  • Alterações de peso.
  • Desinteresse pela vida profissional ou social.
  • Mudança repentina da qualidade do sono.
  • Medos incontroláveis.

Dicas para cuidar da saúde mental

Devemos “alimentar” o cérebro com positividade para cuidar da saúde mental. Ou seja, devemos consumir aquilo que nos faz bem. Dentro desse cenário, podemos pensar em assistir séries ou filmes. Ou, também, jogar futebol com os amigos, sair para jantar com o namorado e assim por diante. Quando fazemos o que gostamos, nosso cérebro entende que estamos querendo adicionar boas experiências.

Além disso, algumas práticas são recomendadas. Por exemplo, praticar exercícios físicos. Durante o esforço do corpo, ocorre a liberação de dopamina, um neurotransmissor que gera a sensação de prazer. É o chamado “hormônio da felicidade”. Ao mesmo tempo, ocorre a redução de hormônios que levam ao estresse, como o cortisol. Quando pensamos em sintomas de depressão e ansiedade, é uma combinação muito indicada.

A espiritualidade também ajuda. Isso porque, auxilia na concentração e na própria respiração. Ajuda a nos conectar com as próprias emoções. A queda na inquietação contribui para maior reflexão sobre a própria vida, os desafios, os dilemas e assim por diante.

Gema Brazil – Cuidado personalizado para a sua saúde

Os concierges da Gema Brazil cuidam de todos os detalhes burocráticos para você ter o atendimento médico ideal, dos casos mais simples aos mais complexos, sempre que você precisar. Um trabalho 100% personalizado para encontrar hospitais e laboratórios, agendar consultas e muito mais. Em outras palavras, um suporte profissional, ágil e completo para que você tenha uma rotina mais tranquila e saudável. Quer saber como tudo isso funciona na prática? Envie uma mensagem via WhatsApp ou na página de Contato do site.


AdobeStock_191452160-1200x786.jpeg

Veja como as empresas podem melhorar a saúde dos colaboradores e entenda a importância de manter exames e informações médicas sempre atualizados.

É cada vez maior o número de profissionais com problemas de saúde mental, emocional e físico no ambiente de trabalho. O estresse diário, o esgotamento e a Síndrome de Burnout são alguns dos principais fatores de adoecimento nas empresas. E as consequências disso muitas vezes são diretas, resultando em afastamentos ou até mesmo demissões, em alguns casos.

Não é uma situação fácil, principalmente quando a pessoa atingida é amiga e próxima de todos os funcionários. Nestes momentos, uma boa gestão e uma forte parceria com o RH podem trazer o equilíbrio nesta relação, principalmente tomando medidas para o bem-estar e saúde de todos.

Investir na saúde dos colaboradores pode melhorar a produtividade e, consequentemente, os resultados da empresa.

Problemas de saúde como diabetes, hipertensão arterial, distúrbios cardiovasculares, depressão e ansiedade, entre outros, aliados ao estresse, falta de tempo e hábitos nada saudáveis são cada vez mais comuns dentro das empresas.

E tudo isso está relacionado direta ou indiretamente no desempenho dos profissionais.

É necessário que a empresa tenha um olhar individual para cada funcionário, já que muitos podem esconder o problema que estão enfrentando, seja por medo ou vergonha – principalmente aqueles ligados a doenças emocionais ou mentais.

Por isso, investir em uma melhor qualidade de vida dentro da empresa é fundamental, já que afeta o desempenho e engajamento dos seus colaboradores.

Mas para as empresas mais apáticas sobre o assunto, listamos 3 motivos em que as empresas devem investir na saúde dos seus funcionários.

3 motivos para investir na saúde dos colaboradores

Melhoria da produtividade: Quando os funcionários cuidam da saúde, seus desempenhos melhoram no trabalho, já que possuem mais disposição e ficam menos doentes – e, consequentemente, faltam menos ao trabalho

Melhor saúde mental: menos ansiosos ou tensos, os profissionais conseguem ter mais clareza tanto para criar quanto para resolver problemas.

Menos gastos: funcionários saudáveis ajudam a empresa a gastar menos. Isto vale tanto para as faltas por motivo de doença quanto para os planos de saúde.

Além disso, investir na saúde dos colaboradores de uma empresa significa não apenas criar um ambiente de trabalho positivo, sadio e equilibrado; mas também dar condições daqueles que já possuem alguma patologia de cuidar da saúde e seguir com os tratamentos que já faz. Por exemplo, oferecer benefícios de saúde como descontos em medicamentos ou a possibilidade de apoio em tratamentos de alta complexidade.

As empresas devem planejar a implementação de criação de políticas, comunicação, recursos de treinamento e até mesmo tratamento.

A importância de manter os exames médicos periódicos atualizados

Outro ponto importante para manter a saúde da equipe, é que os funcionários mantenham sempre atualizados os seus exames médicos periódicos.

Os exames médicos periódicos servem tanto para detectar e prevenir doenças quanto para atestar uma boa saúde do funcionário e, assim, continuar realizando seu trabalho sem qualquer problema.

Assim tanto a empresa estará dentro das exigências trabalhistas como, também, terá condição de melhorar a qualidade de vida dos seus colaboradores, quando o exame assim indicar.

Todas estas práticas na verdade são como uma cultura de apoio, onde a empresa apoia e proporciona uma vida mais saudável para seus funcionários e, consequentemente, cria um ambiente corporativo muito mais saudável.

Com uma postura colaborativa assim, a empresa reduz a rotatividade, evitando a fuga de talentos, e faz com que os funcionários batalhem por uma melhora de desempenho, o que só trás benefícios para ambos os lados.